quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Alucinações literárias temperadas com o sal refinado da dura realidade


Supõe que vais a passear na rua e uma mulher atraente atravessa a rua vindo em tua direcção. Pára e olha para ti a três ou quatro metros de distância.
-Se fores um fotógrafo... sentir-te-ás atraído a tirar uma fotografia. Não verás tu que o acto de encaixar uma realidade dentro de uma imagem é perder tempo e não observar ao vivo essa mesma realidade?
-Se fores um pintor... observarás essa realidade em todos os seus aspectos, as emoções que a sua face revela, o modo como meneia o corpo. Sentir-te-ás atraído a fixar uma dessas sensações em tela mas conseguirás tu realmente pintar essa emoção que tão bem captaste em todos os seus pormenores?
-Se fores um escultor... tentarás fazer um modelo dessa realidade mas conseguirás tu transmitir a cor da pele, o vestido ou o sapato que ela usa?
-Se trabalhares na área dos audiovisuais ou teatro... tentarás talvez representar toda a sequência recorrendo a actores que poderão ser ou não profissionais. Conseguirás tu representar essa sequência na perfeição quando perfeição significa a representação da realidade em todos os seus pormenores como a emoção espontânea que varia de situação em situação e de pessoa para pessoa?
Não vês que a representação significa uma mentira, a falsa representação da realidade?
Por isso uma das mais importantes ferramentas deve ser a imaginação ou a construção de uma realidade que não vimos na realidade mas que talvez pre-vimos.
-Se fores um poeta... sentir-te-ás tentado a escrever um poema sobre essa realidade mas não seria mais interessante e real aproximares-te dessa realidade e dizer-lhes o poema espontâneo que desejaste em vez de o passares ao papel? A isso chamar-se-ia tentar fazer com que acontecesse.


'Os hashishin ou as epístolas de Claudio Mur aos parolos e às mui puissíssimas'
Edições Cassiber
2009

Segunda edição: 2012, aumentada com desenhos

Envio por correio: 5 euros.

pedidos para ed.cassiber@gmail.com






Sem comentários:

Publicar um comentário