sábado, 11 de abril de 2015

As bruxas voam, o polvo caminha


'As bruxas voam, o polvo caminha'
Técnica mista de caneta de preto permanente, lápis de cera e pastel de óleo 
sobre folha de papel a4
2015
ZMB

Esta semana a minha irmã festejou o aniversário com um jantar em sua casa
e não é que eu,
após brincar com capa e espada de plástico com o meu sobrinho de quatro anos,
resolvi assustá-lo quando ele perguntou «O que é isso?»
Eu respondi «È um polvo, na casa do tio há polvos!»
Ele olhou para o desenho e depois para mim assombrado mas nada disse.

Eheh, sou o tio a quem os sobrinhos na brincadeira puxam a mosca da cara!
Eles são a alegria das duas avós e de nós também.
São a cola que une as partes, o futuro será para eles.
Quando eles estão contentes todas as desavenças familiares se apaziguam.

Sem comentários:

Publicar um comentário